O NARRAR JUNTO: A MEMÓRIA COMPARTILHADA ENTRE ACOMPANHANTE E PACIENTE EM UMA CONSULTA CLÍNICA DE UMA SENHORA DIAGNOSTICADA COM DOENÇA DE ALZHEIMER

  • Simone Alencar Fronza Universidade Estadual de Campinas
  • Fernanda Miranda da Cruz Universidade Federal de São Paulo

Resumo

Neste artigo exploro a emergência de elementos narrativos durante interações clínicas das quais participam pessoas diagnosticadas com Doença de Alzheimer. Elementos narrativos foram concebidos como elementos corporificados que emergem junto com a fala e carregam histórias, memórias e experiências das pessoas com Alzheimer. Neste trabalho trago uma discussão acerca da concepção de memória e do papel dos ouvintes de uma narrativa como co-narradores. Para tanto, trago um exemplo de um excerto extraído do corpus que gerei durante minha pesquisa de Mestrado, denominado CENA – Corpus para o Estudo de Narrativas e Alzheimer, e a partir dele, faço uma discussão acerca dos elementos narrativos corporificados utilizados pela paciente na consulta clínica e uma análise de como mãe e filha narram juntas uma história em meio a um teste de avaliação neuropsicológica.
Publicado
2020-11-01
Seção
Seminário de Estudos Linguísticos do Vale do Paraíba