A TRAJETÓRIA DAS PAIXÕES

  • Maria Flávia Figueiredo Universidade de Franca

Resumo

Resumo: No livro II da Retórica, Aristóteles aponta que as paixões levam os homens a mudar suas opiniões e seus julgamentos. O presente estudo examinou esse tema em uma perspectiva contemporânea para propor um esquema – aqui tratado como A trajetória das paixões – que discute como as paixões assumem o controle da psique humana levando os homens à ação. A releitura das emoções (paixões) no corpus aristotélico fundamentou a primeira etapa metodológica deste estudo. Depois, com base em estudos modernos sobre o assunto, a maneira como os homens são afetados pelas paixões foi ponderada. Finalmente, propôs-se um esquema que aponta como as emoções da alma humana funcionam em um contexto discursivo / argumentativo. Tal percurso metodológico levou à criação da Trajetória das Paixões, um esquema de cinco etapas composto por: I) Disponibilidade; II) Identificação; III) alteração psicofísica; IV) Mudança de julgamento e V) ação. Espera-se que a proposição dessa trajetória sirva como um estímulo para os pesquisadores de retórica e também constitua um caminho mais curto face à compreensão complexa e inacabada do universo emocional e de suas conseqüências.
Publicado
2019-09-16
Seção
Comunicação Científica, Cognição e Persuasão