Internet e educação

Os benefícios da utilização de meios digitais na construção coletiva de conhecimento no ambiente pedagógico

Autores

  • Valdomiro Aparecido dos Santos Júnior Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo - IFSP Salto, SP, Brasil
  • Bruna Lammoglia IFSP Câmpus Salto

DOI:

https://doi.org/10.47734/rce.v2i2.1954

Palavras-chave:

Internet, Plataforma de Vídeo, Conteúdo, Streaming, Audiovisual

Resumo

Devido à pandemia da COVID-19, que se iniciou no ano de 2020,pedagogos, especialistas e gestoresse viram obrigados a desenvolver novas competências, principalmente na área audiovisual, seja em aulas ao vivo via videoconferência ou na produção de vídeos como forma de complemento das atividades de seus alunos. Baseadosneste novo cenário em que educadores e alunos necessitam da utilização das TIC (Tecnologias da Informação e Comunicação) para a continuidade de processos de aprendizagem, idealizamos uma proposta de plataforma de streamingde vídeos vinculada à instituição de ensino e administrada por estudantes e docentes, sendoos conteúdos em vídeo publicados por alunos e avaliados e orientados por professores. Neste projeto, a participação do docente tem o papel de orientar os alunos sobre a importância da pesquisa e do compartilhamento de informações verdadeiras, o combate aos discursos de ódio e cyberbullying, e cidadania nas redes. Paraos estudantes, o objetivo principal dessa proposta de plataforma é o de fazer com que a partir da produção dos conteúdos em vídeo, eles assumam um papel de protagonismo na produção de conhecimento e mostrar que eles não precisam utilizar a internet apenas para consumo de informação, mas que também podem produzi-la de forma criteriosa e cidadã. Para a gestão, essa pode ser mais uma ferramenta para promover a articulação entre comunidade e escola, a transversalidade do currículo e um instrumento de melhoria de relacionamento no ambiente escolar.

 

Abstract

Due to the COVID-19 pandemic, which began in 2020, educators, specialists and managers were forced to develop new skills, especially in audiovisual area, whether in classes via videoconference or in the production of videos as a complement of the activities of its students. Based on this new scenario in which educators and students need the use of ICT (Information andCommunication Technologies) for the continuity of learning processes, we created a proposal for a video streaming platform linked to the educational institution and administered by students and teachers, the video content being published by students and evaluated and guided by teachers. In this project, the teacher's participation has the role of guiding students on the importance of research and sharing true information, combating hate speech and cyberbullying, and citizenship in networks. For the students, the main objective of this platform is to make the production of video content, so that they assume a leading role in the production of knowledge and show that they do not need to use the internet only to consume information, but that they can also produce it in a judicious and citizen way. For the management, this can be another tool to promote the articulation between community and school, the transversality of the curriculum and an instrument to improve the relationship in the school environment.

Keywords: Internet; Video Platform; Contents; Streaming; Audio-visual.

Referências

BARBOSA, A. F. (coord.). Pesquisa sobre o uso das tecnologias da informação e comunicação no Brasil [livro eletrônico]: TIC domicílios e empresas. Comitê Gestor da Internet no Brasil, São Paulo, 2014. Disponívelem: http://www.cetic.br/noticia/tic-domicilios-indica-que-31-da-populacao-brasileira-usa-internet-pelo-telefonecelular/. Acesso em: 26 jan. 2020.

BRASIL,Comitê Gestor da Internet -CGI.br. TIC EDUCAÇÃO: Pesquisa Sobre o Uso das Tecnologias de Informação e Comunicação nas Escolas Brasileiras. São Paulo: Grappa Marketing Editorial Brasil, 2018.

BUCKINGAN, David. Precisamos realmente de educação para os meios? São Paulo, 2012.

FRANCESCO, Nayara Nascimento. Educação midiática contra “fakenews”, Brasil, 2020.

MADEIRA, Mariana Gonçalves. ECONOMIA CRIATIVA: Implicações e desafios para a política externa brasileira, Brasil, 2014.

RAMOS, Wilsa Maria; ROSSATO, Maristela. Democratização do acesso ao conhecimento e os desafios da reconfiguração social para estudantes e docentes, Brasil, 2017.

SÃO PAULO. Prefeitura da cidade de São Paulo. Núcleo de Educomunicação. 2019. Disponível em: http://portal.sme.prefeitura.sp.gov.br/Main/Page/PortalSMESP/Apresentacao-7/. Acesso em: 27 abr. 2020.

SELWYN, N. O uso das TIC na educação e a promoção de inclusão social: uma perspectiva crítica do Reino Unido. Revista Educação & Sociedade, Campinas, vol. 29, n. 104, p. 815-850, out. 2008.

SELWYN, N. Social media in higher education. In: THE EUROPA WORLD OF LEARNING 2012. Anais... Routledge, 2011. Disponível em: http://www.educationarena.com/pdf/sample/sample-essay-selwyn.pdf. Acesso em: 30 de janeiro de 2020.

SEVERINO, Antonio Joaquim. Metodologia do trabalho científico. SãoPaulo: Cortez, 1976.

STARTCOUNTER. 2016. Site especializado em contabilizar acessos à internet pelo mundo. Disponível em: https://gs.statcounter.com/browser-market-share/desktop-mobile/brazil/#monthly-201601-2017017/. Acesso em: 1 out. 2020.

TEIXEIRA, Adriano Canabarro. Internet e democratização do conhecimento: repensando o processo de exclusão social, Passo Fundo, 2001.

UNESCO, Escritório em Brasília, “Iniciativa pioneira em São Paulo de Alfabetização Midiática e Informacional (AMI) leva case de sucesso para a Suécia”. 2019. Disponível em: http://www.unesco.org/new/pt/brasilia/about-this-office/single-view/news/pioneer_media_and_information_literacy_mil_initiative_in_s/?fbclid=IwAR2pS3UBqAJlWUDYIXheH1Be_vIDPQgA5VmFPxIPetwTzwibvMe8M0uOJeg. Acesso em: 26 jan. 2020.

Downloads

Publicado

04/25/2022

Como Citar

SANTOS JÚNIOR, V. A. dos; LAMMOGLIA, B. Internet e educação: Os benefícios da utilização de meios digitais na construção coletiva de conhecimento no ambiente pedagógico. Revista Ciência em Evidência , [S. l.], v. 2, n. 2, p. 105–124, 2022. DOI: 10.47734/rce.v2i2.1954. Disponível em: https://ojs.ifsp.edu.br/index.php/cienciaevidencia/article/view/1954. Acesso em: 28 mar. 2023.