O pensamento complexo e Covid-19

Um aviso da imprevisibilidade

  • Mateus Esteves de Oliveira Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG)
Palavras-chave: Complexidade, Covid-19, Crise, Estratégia

Resumo

O presente ensaio busca reunir reflexões iniciais do autor, em diálogo com o seu campo de pesquisa na Linguística, sobre o atual estado de pandemia provocado pelo novo Corona Vírus (Covid-19) e sua relação com o pensamento complexo introduzido pelo teórico francês Edgar Morin. Com isso, o texto discorre sobre a importância de abandonarmos a visão simplistas dos fatos a fim de abrirmos espaço para a abordagem sistêmica dos fenômenos. Tal afirmação é ancorada pela complexidade da relação existente entre o problema de saúde pública internacional e as reações dos líderes mundiais e da população civil. Por fim, reafirmamos o que Morin apregoa quando indica que ações estratégicas são as mais aplicáveis em momentos de crise frente ao novo.

Biografia do Autor

Mateus Esteves de Oliveira, Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG)

Mestre e doutorando em Estudos de Linguagens pelo CEFET-MG, licenciado em Letras Português/Inglês pela UNAR (Centro Universitário de Araras "Dr. Edmundo Ulson") e membro da equipe de coordenação do projeto CACD (CEFET aberto à comunidade docente). Graduado em Gestão Comercial pela Universidade de Itaúna com bolsa integral do Governo Federal. Pós-graduado em Gestão de Finanças e Pessoas pela Universidade do Estado de Minas Gerais e em Docência do Ensino Superior e Tutoria de Educação a Distância pelo Instituto Superior de Educação Ateneu. Aluno Padrão do Município de Itaguara em 2011, título conferido pela Câmara Municipal. Aluno com melhor aproveitamento escolar durante todo o curso de Gestão Comercial da turma do segundo semestre de 2013. Em 2009 recebeu Menção Honrosa pelo desempenho na quinta Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas. Trabalhou na Prefeitura de Itaguara, onde desenvolveu projetos educativos ligados à conscientização de crianças e jovens a respeito do perigo das doenças transmitidas por animais ao ser humano e assuntos ecológicos. Posteriormente, foi funcionário no setor privado, área financeira, onde desenvolveu atividades ligadas ao fluxo de caixa, contas a pagar e movimentos contábeis. Atuou como professor de Língua Portuguesa no ensino fundamental e médio da rede pública estadual. Cursou disciplina isolada do Mestrado em Educação Tecnológica (CEFET-BH Campus II): Trabalho e formação profissional, no segundo semestre de 2014, e Sociologia do Trabalho e da Educação, no primeiro semestre de 2015, também na mesma instituição. Possui experiência como tutor em Educação a Distância (graduação) e como professor de Língua Portuguesa em cursos preparatórios para ENEM e concursos públicos. Atualmente, dedica-se aos estudos do Doutorado, além de ser integrante do Grupo de Pesquisa Narrar-se e do INFORTEC (Núcleo de Pesquisa em Linguagens e Tecnologia), no CEFET-BH Campus 1.

Referências

MORIN, Edgar. Introdução ao pensamento complexo. Porto Alegre: Sulina, 2007.
Publicado
2020-09-16