Alice no país dos animais

Uma leitura do romance de Lewis Carroll a partir de símbolos e alegorias

  • Josanille Glenda do Nascimento Ribeiro Faculdade Integrada de Patos (FIP)
  • Francisco Edinaldo de Pontes Universidade Estadual da Paraíba (UEPB)
Palavras-chave: País das Maravilhas, Animais, Simbologia, Símbolos, Alegorias

Resumo

O ato de representar uma ideia através dos símbolos existe desde as primeiras civilizações. Dessa forma, a problemática da presente pesquisa apresenta-se no momento em que deixamos passar despercebido os símbolos e as alegorias existentes na narrativa. Partindo desse pressuposto, o objetivo do presente estudo consiste em investigar e discutir sobre como os animais analisados no romance Alice no País das Maravilhas (1865), de Lewis Carroll, são representados de acordo com a simbologia, além de fazer uma ligação com o contexto sócio, histórico, político e cultural no qual a obra foi escrita. Assim sendo, escolhemos a simbologia dos animais como base para o nosso trabalho, por acreditarmos que os animais são utilizados como instrumentos simbólicos na construção da dinâmica do enredo e dos principais acontecimentos dentro da narrativa. Metodologicamente, partiu-se de uma pesquisa bibliográfica, de cunho qualitativo, através de uma análise estrutural da narrativa. Como base teórica, apresentamos os fundamentos de ALVAREZ FERREIRA (2013); CHEVALIER & GHEERBRANT (2009); MOISÉS (2013); RIBEIRO (2010); e, ROSACRUZ (1992). Em conclusão, percebemos que os animais do País das Maravilhas são considerados “maravilhosos” por apresentarem atitudes que se assemelham a atitudes humanas, dotados de discurso, inteligência e sagacidade, tornando-os nesse romance um dos pontos mais interessantes da narrativa, além das demais personagens e da fantástica ambientação.

Biografia do Autor

Josanille Glenda do Nascimento Ribeiro, Faculdade Integrada de Patos (FIP)

Possui graduação pela Universidade Federal de Campina Grande (2011). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Língua Portuguesa, atuando principalmente no seguinte tema: Semântica; ambiguidade; livros didáticos. Especialista em Língua Linguística e Literatura pela FIP (Faculdade Integrada de Patos) (2014). Especialista em Gênero e diversidade na Escola (UFPB-VIRTUAL) (2015). Graduada em Letras Língua Inglesa pela Universidade Estadual da Paraíba. Campus III- GUARABIRA. Atualmente atua como Professora de Língua Inglesa da rede pública estadual do Estado da Paraíba na cidade de Alagoa Grande 

Francisco Edinaldo de Pontes, Universidade Estadual da Paraíba (UEPB)

Mestrando em Literatura e Interculturalidade (MLI), pelo Programa de Pós-Graduação em Literatura e Interculturalidade (PPGLI), da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Tem experiência na área de Letras, com ênfase no Ensino de Língua Inglesa. Realiza pesquisa nas áreas de Língua Inglesa; Literaturas de Língua Inglesa; Literaturas Lusófonas; com ênfase nas Representações de Gênero na Literatura e em outras Linguagens; Literatura, Memória e Estudos Culturais; e Literatura Comparada. Atualmente, é integrante do Grupo Interdisciplinar de Estudos Literários Lusófonos (GIELLus/DGP/CNPq). É graduado em Licenciatura Plena em Letras - Inglês (2019), pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB).

Referências

ALVAREZ FERREIRA, Agripina Encarnación. Dicionário de imagens, símbolos, mitos, termos e conceitos Bachelardianos. [livro eletrônico] / Agripina Encarnación Alvarez Ferreira. – Londrina: Eduel, 2013. Disponível em: http://www.uel.br/editora/portal/pages/arquivos/dicionario%20de%20imagem_digital.pdf. Acesso em: 02 de março de 2020. Às 19h e 45min.

BRITO, Aline Haiddé. Análise interpretativa do romance Alice no País das Maravilhas. Crátilo: Revista de Estudos Linguísticos e Literários. Patos de Minas: UNIPAM, (1): 49 a 56, ano 1, 2008. Disponível em: https://revistas.unipam.edu.br/index.php/cratilo/issue/view/37/Revista%20Cr%C3%A1tilo%2C%20vol.%201%2C%202008. Acesso em: 19 de janeiro de 2020. Às 10h e 24min.

BRITO, Bruna Perrella. Alice no País das Maravilhas: Uma Crítica à Inglaterra Vitoriana. Centro de Comunicação e Letras – Universidade Presbiteriana Mackenzie. Rua Piauí, 143 – 01241-001 – São Paulo – SP, 2015. Disponível em: https://docero.com.br/doc/xcx081. Acesso em: 28 de janeiro de 2020. Às 19h e 17min.

CARROL, Lewis (1832-1898). Aventuras de Alice no País das Maravilhas & Através do Espelho (1865). / Lewis Carroll. Edição Comentada e Ilustrada. Introdução e notas de Martin Gardner. Trad. de Maria Luíza X. e de A. Borges. Rio de Janeiro: Editora Zahar, 2002. Disponível em: http://lelivros.love/book/baixar-livro-alice-edicao-comentada-e-ilustrada-lewis-carroll-em-pdf-epub-e-mobi-ou-ler-online/. Acesso em: 08 de janeiro de 2020. Às 13h e 52min.

CEVASCO, Maria Elisa. SIQUEIRA, Valter Lellis. 6. A era vitoriana: o romance domina a cena. In: Rumos da Literatura Inglesa. / Maria Elisa Cevasco e Valter Lellis Siqueira. Coleção Princípios – 5.ª Edição. – São Paulo: Editora Ática, 1999.

CHEVALIER, Jean. GHEERBRANT, Alain. Dicionário de Símbolos: mitos, sonhos, costumes, gestos, formas, figuras, cores, números. / Jean Chevalier, Alain Gheerbrant, com colaboração de: André Barbault, [et al.]. – 23ª ed. – Rio de Janeiro: Editora José Olympio Ltda, 2009.

CNBB. Bíblia Sagrada. / Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. Tradução da CNBB. Com Introduções e Notas. – 6.ª Edição. São Paulo: Canção Nova, 2006.

EDITORIAL CONCEITOS. Simbologia – Conceito, o que é, Significado. In: Editorial Conceitos. São Paulo, 2016. Disponível em: https://conceitos.com/simbologia/. Acesso em: 15 de fevereiro de 2020. Às 21h e 36min.

EAGLETON, Terryson (1943). What’s a novel? In: The English Novel: An Introduction. / Terry Eagleton. First Edition. Oxford, England: Blackwell Publishing Ltd, 2005.

GREENBLATT, Stephen. ABRAMS, M. H. Lewis Carroll (1832-1898). In: The Norton Anthology of English Literature / Stephen Greenblatt (1943), general editor; M.H. Abrams (Meyer Howard, 1912), founding editor emeritus. – 8th ed. Volume 2. p. cm. New York: W. W. Norton & Company, 2005.

HOUAISS, Antônio. VILLAR, Mauro de Salles. Dicionário Houaiss Conciso. / Instituto Antônio Houaiss. Organizador: [editor responsável Mauro de Salles Villar]. – São Paulo: Moderna, 2011.

MOISÉS, Massaud. Dicionário de Termos Literários. / Massaud Moisés. – 12ª ed. rev., ampl. e atual. – São Paulo: Editora Pensamento-Cultrix Ltda, 2013.

NEVES, Flávia. RIBEIRO, Débora. DICIO: Dicionário Online de Português. / Flávia Neves e Débora Ribeiro. Porto: 7Graus, 2019. Disponível em: https://www.dicio.com.br/. Acesso em: 29 de fevereiro de 2020. Às 20h e 01min.

NEVES, Flávia. RIBEIRO, Débora. Significado de “Personificação”. In: DICIO: Dicionário Online de Português. / Flávia Neves e Débora Ribeiro. Porto: 7Graus, 2019. Disponível em: https://www.dicio.com.br/personificacao/. Acesso em: 29 de fevereiro de 2020. Às 20h e 30min.

NEVES, Flávia. RIBEIRO, Débora. Significado de “Personificar”. In: DICIO: Dicionário Online de Português. / Flávia Neves e Débora Ribeiro. Porto: 7Graus, 2019. Disponível em: https://www.dicio.com.br/personificar/. Acesso em: 29 de fevereiro de 2020. Às 20h e 50min.

RIBEIRO, Emílio Soares. Um estudo sobre o símbolo, com base na semiótica de Peirce. Estudos Semióticos. São Paulo, v. 6, n. 1, p. 46 a 53, 7 jun. 2010. Disponível em:http://www.revistas.usp.br/esse/article/view/49258. Acesso em: 27 de março de 2020. Às 07h e 33min.

ROSACRUZ, Ordem (1982). Introdução à Simbologia. / Ordem Rosacruz – AMORC, Ano MCMLXXXII. Biblioteca AMORC. 1.ª Edição em Língua Portuguesa. – Grande Loja do Brasil: Paraná, 1992. Disponível em: https://docero.com.br/doc/cnsxnn. Acesso em: 22 de fevereiro de 2020. Às 23h e 45min.

SANDERS, Andrew. HIGH VICTORIAN LITERATURE (1830-1880). – Coda: Carroll and Lear. In: The Short Oxford History of English Literature. / Andrew Sanders. First Edition. New York: Clarendon Press, Oxford University Press, 1994.

SATO, Soraya. Cheshire – O Gato Sorridente. In: Blog Cat Rangers. Gatos com tudo! / Soraya Sato. Disponível em: https://catrangers.wordpress.com/2012/08/08/cheshire-o-gato-sorridente/. Acesso em: 02 de março de 2020. Às 09h e 44min.

SEQUEIRA, Larissa Kiefer de. TEIXEIRA, Níncia Cecília Ribas Borges. Alice no país dos signos: releitura semiótica. Temática. NAMID/UFPB. João Pessoa, Ano XI, n. 12, dezembro de 2015. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/tematica/article/download/27038/14378/. Acesso em: 17 de fevereiro de 2020. Às 23h e 52min.

THORNLEY, G. C. ROBERTS, Gwyneth. CHAPTER 12: Other nineteenth-century prose. In: An Outline of English Literature. / G. C. Thornley and Gwyneth Roberts. New Edition. Edinburgh Gate, Harlow. Essex, England: Logman Pearson Education Limited Ltd, 2003.

Publicado
2020-09-16