Metáfora conceptual e relevância

A manutenção de efeitos cognitivos na tradução de "O retrato ovalado” de Edgar Allan Poe

  • Thiago da Cunha Nascimento Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
Palavras-chave: Estudos da Tradução, Metáfora Conceptual, Teoria da Relevância, Impacto Cognitivo

Resumo

O presente trabalho procurou analisar a manutenção do impacto cognitivo da tradução de metáforas conceituais presentes no conto “O Retrato Ovalado” (1850) de Edgar Alan Poe. Para tanto, buscou-se subsídios teóricos em Lakoff e Johnson (1980) e Sperber e Wilson (1986 [1994]) sobre a Teoria da Metáfora Conceitual e a Teoria da Relevância, respectivamente, para analisarmos algumas passagens traduzidas do inglês para o português do conto de Poe. Constatou-se que quanto mais próximo os domínios conceituais entre as línguas envolvidas no ato tradutório, tanto mais fácil é a manutenção dos efeitos cognitivos no texto-alvo. Esperamos que o presente trabalho auxilie o tradutor em suas práticas tradutórias.

Biografia do Autor

Thiago da Cunha Nascimento, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Doutor em Linguística Teórica e Descritiva, com foco em ações metacomunicativas na fala-em-interação à luz da Linguística Cognitiva e Linguística Interacional pela Universidade Federal de Minas Gerais (2020). Mestre em Linguística Teórica e Descritiva, com ênfase em estudos da metáfora no pensamento e no discurso sob o foco da Linguística Cognitiva pela Universidade Federal de Minas Gerais (2016). É especialista em Tradução-Interpretação Inglês Português pela Faculdade Integrada Brasil Amazônia - FIBRA (2014). Possui graduação em Letras - Habilitação em Língua Inglesa pela Universidade Federal do Pará - UFPA (2012). Atua principalmente nas seguintes áreas: Linguística Cognitiva, Linguística Interacional e Linguística Teórica (Semântica/ Pragmática). É subcoordenador do Research Centre Intercultural Communication in Multimodal Interactions (UFMG). É membro do Grupo de Pesquisa inter-institucional do CNPq Linguística (Inter-)Cultural e do grupo de pesquisa Pragmática (inter)linguística, cross-cultural e intercultural, da Universidade de São Paulo.

Referências

ALVES, F. Teoria da relevância e os estudos da tradução: perspectivas e desdobramentos. In: ALVES, F. (Org.). Teoria da relevância e tradução: conceituações e aplicações. Belo Horizonte: Faculdade de Letras da UFMG, 2001.

BYLAARDT, T. A tradução de expressões idiomáticas à luz da relevância. In: ALVES, F.; GONÇALVES, J. L. (Orgs.). Relevância em tradução: perspectivas teóricas e aplicadas. Belo Horizonte: Faculdade de Letras da UFMG, 2006.

DELACORTE, M. C. F. Metáfora e contexto. In: PAIVA, V. L. M. O. (Org.). Metáforas do cotidiano. Belo Horizonte: Ed. do autor, 1998.

GONÇALVEZ, R. C. V. Codificações conceituais e procedimentais na tradução para o português do romance alemão a hora perdida de katharina blum: uma análise à luz da teoria da relevância. In: ALVES, F. (Org.). Teoria da relevância e tradução: conceituações e aplicações. Belo Horizonte: Faculdade de Letras da UFMG, 2001.

FERRARI, L. Introdução à linguística cognitiva. São Paulo: Contexto, 2011.

FERREIRA, A. B. H. Miniaurélio século XXI: o minidicionário da língua portuguesa. Aurélio Buarque de Holanda Ferreira; coordenação de edição, Margarida dos Anjos, Marina Baird Ferreira; lexicografia, Margarida dos Anjos... [et al.]. 5 ed. rev. ampliada. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2001.

FERREIRA, L.; GLODNADEL, M.; KRAUSPENHAR, D. A tradução da metáfora: uma abordagem cognitiva. Revista Virtual de Estudos da Linguagem – ReVel. V. 5, n.8. março de 2007.

FERREIRA, L. A tradução da ironia: uma abordagem à luz da teoria da relevância. 2002. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada). Programa de Pós-graduação em Letras, PUC-RGS, Porto Alegre, 2002.

GRADY, J. Foundations of meaning: primary metaphors and primary scenes. 1997. PhD Dissertation. University of California, Berkeley, 1997.

GUTT, E. A. Teoria da relevância e tradução: em busca de um novo realismo para a tradução da bíblia. In: ALVES, F.; GONÇALVES, J. L. (Orgs.). Relevância em tradução: perspectivas teóricas e aplicadas. Belo Horizonte: Faculdade de Letras da UFMG, 2006.

LAKOFF, G.; JOHNSON, M. Metaphors we live by. Chicago: University of Chicago Press, 2003 [1980].

LENZ, P. Semântica cognitiva. In: JUNIOR, C. F.; BASSO, R. (Orgs.). Semântica: uma introdução. São Paulo: Contexto, 2013.

MASON, K.. Metaphor and Translation. Babel, 28 (3), p. 140–149, 1982.

NAZÁRIO, M. L. Estudo pragmático: a teoria da relevância no processo comunicativo. Revista de Educação, Linguagem e Literatura. UEG-Inhumas. v. 3, n.2, outubro, p. 56-67, 2011.

POE, E. A. The oval portrait. Disponível em: http://xroads.virginia.edu/~hyper/POE/ oval.html. Acesso: 19/10/2013.

SARDINHA, T. Metáfora. São Paulo: Parábola Editoral, 2007.

SCHÄFFNER, C. Metaphor and translation: some implications of a cognitive approach.

Journal of Pragmatics, 36, 2004. p. 1253-1269.

SPERANDIO, N. O modelo cognitivo idealizado no processamento metafórico. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada). Programa de Pós-graduação em Teoria Literária e Crítica da Cultura, UFSJ, São João Del-Rei, 2010.

SPERANDIO, N.; ASSUNÇÃO, A. L. Pensando a metáfora por um viés cognitivo e cultural. Revista Revele. n.3. Agosto, p. 183-198, 2011.

SPERBER, D.; WILSON, D. Outline of relevance theory. Links and Letters, 1, 1994. Disponível em: https://ddd.uab.cat/pub/lal/11337397n1/11337397n1p85.pdf. Acesso: 20/10/2013.

SPERBER, D. Communication and cognition. 2 ed. Oxford: Blackwell, 1995 [1986].

TIRKKOMEN-CONDIT, S. Metaphors in translation processes and products. Quaderns. Revista de Traducció, 6, 2001.

WEHMEIER, S. Oxford Advanced Learner’s dictionary. Oxford: Oxford University Press, 2005.

YU, N. Nonverbal and multimodal manifestations of metaphors and metonymies: a case study. In: FORCEVILLE, C.; UROS-APARISI, E. (Orgs.). Multimodal Metaphor. Berlin: Mouton De Gruyter, 2009. p. 119-146.

ZHONGGANG, S. A relevance theory perspective on translating the implicit information in literary texts. Journal of Translation, v. 2, n. 2. November, 2006.

Publicado
2020-05-05