Filosofia da Matemática em Teses Brasileiras

um levantamento bibliográfico entre 2015 e 2020

Resumo

Mobilizados pela questão: “qual o foco das teses de doutorado que tematizam a Filosofia da Matemática produzidas no Brasil nos últimos cinco anos?”, objetivamos apresentar e discutir um levantamento bibliográfico sobre as produções brasileiras em nível de doutorado acerca da Filosofia da Matemática, defendidas entre 2015 e 2020. Utilizamos como corpus documental a BDTD e o Catálogo de Teses e Dissertações da Capes. Este estudo classifica-se como qualitativo, na forma de um levantamento bibliográfico. Através do termo de busca “Filosofia da Matemática” e refinamento dos dados, identificamos 27 trabalhos relacionados ao tema, que concentram-se na região Sudeste do Brasil e em duas instituições. Dentre essas pesquisas, sete apresentaram o termo procurado nas palavras-chave, sendo seis analisadas. A partir da leitura e análise das reflexões sobre a abordagem da Filosofia da Matemática presente nas teses, apontamos que a centralidade das produções esteve em assuntos distintos, como: Teorema da Incompletude de Gödel, Continuum, Conceito de Função Integrável e obra Philosophische Bemerkungen de Wittgenstein. Quanto à Filosofia da Matemática presente, destacamos o Conhecimento Transcendental de Kant, o Tractatus Logico-Philosophicus e o pensamento sobre a existência ou não de um objeto de Wittgenstein, além da argumentação de Leibniz em sua obra Monadologia.

Biografia do Autor

Maxwell Gonçalves Araújo, Universidade Estadual Paulista - Unesp

Doutorando em Educação Matemática pelo Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática da Unesp - Rio Claro/SP. Professor efetivo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologias de Goiás. 

Andrei Luís Berres Hartmann, Universidade Estadual Paulista - Unesp

Mestrando em Educação Matemática pelo Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática da Unesp - Rio Claro/SP. 

Luciana Leal da Silva Barbosa, Universidade Estadual Paulista - Unesp

Doutoranda em Educação Matemática pelo Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática da Unesp - Rio Claro/SP. Professora efetiva do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo.

Referências

ALMEIDA, E. L. B. Análise das condições de verdade e dos requerimentos existenciais em axiomatizações da aritmética. 2017. 138 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/330874>. Acesso em: 16 maio 2021.

ALMEIDA, H. A. Contradições gratuitas: em direção a uma interpretação nominalista de teorias contraditórias. 2019. 225 f. Tese (Doutorado em Filosofia) – Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Estadual de Campinas, Campinas. 2019.

ARAÚJO-JORGE, T. C.; SOVIERZOSKI, H. H.; BORBA, M. C. A Área de Ensino após a avaliação quadrienal da CAPES: reflexões fora da caixa, inovações e desafios em 2017. Revista Brasileira de Ensino de Ciência e Tecnologia, 10(3), 1-15, 2017. Disponível em: <https://periodicos.utfpr.edu.br/rbect/article/view/7744>. Acesso em: 28 set. 2020.

ATKIN A. Peirce's Theory of Signs. The Stanford Encyclopedia of Philosophy (Summer 2013 Edition), Edward N. Zalta (ed.). Disponível em:https://plato.stanford.edu/archives/sum2013/entries/ peirce-semiótica /. Acesso em: 02 dez. 2020.

BATISTELA, R. de F. O teorema da incompletude de Gödel em cursos de licenciatura em Matemática. 2017. 139 f. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Rio Claro. 2017.

BIANCONI, R. Introdução à Lógica Matemática. Material de apoio pedagógico – USP. 70 páginas. Ano de publicação desconhecido. Disponível em: https://www.ime.usp.br/~mat/0349/Cap-1-5.pdf. Acesso em: 03 dez. 2020

BORBA, M. C.; ARAUJO, J. L. (Org). Pesquisa Qualitativa em Educação Matemática. 6. ed. 1. reimp. Belo Horizonte: Autêntica, 2020.

CASTRO, R. S. Jogos de linguagem matemáticos da comunidade remanescente de quilombos da Agrovila de Espera, Município de Alcântara, Maranhão. 2016. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2016. Disponível em: <https://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/8592>. Acesso em: 16 maio 2021.

CIRANI, C. B. S.; CAMPANARIO, M. de A.; SILVA, H. H. M da. A evolução do ensino da pós-graduação senso estrito no Brasil: análise exploratória e proposições para pesquisa. Avaliação (Campinas), Sorocaba, v. 20, n. 1, p. 163-187, mar. 2015. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772015000100163&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 28 set. 2020.

CORTESE, J. F. N. O infinito em peso, número e medida: a comparação dos incomparáveis na obra de Blaise Pascal. 2017. 571 p. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade de São Paulo, SP.

FAGGION, A. Causa – causalidade. Estudos Kantianos, v. 6, n. 2. Marília, 2018. p. 29-32. Disponível em: https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/ek/article/view/8680/5592#:~:text=Kant%20pensa%20a%20causalidade%20como,%2D%20gunda%20Analogia%20da%20Experi%C3%AAncia%E2%80%9D. Acesso em: 02 dez. 2020.

FIORENTINI, D.; LORENZATO, S. Investigação em Educação Matemática: percursos teóricos e metodológicos. Campinas: Autores Associados, 2006.

FRANÇA, S. M. Um estudo sobre complementaridades presentes na construção da teoria dos números complexos. 2017. 181 f. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Universidade Anhanguera de São Paulo, São Paulo. 2017.

GODOY, K. V. Um breve panorama das matemáticas mistas e seus desdobramentos. 2019. 360 f. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Rio Claro. 2019.

IMENES, Luiz Márcio Pereira. Um Estudo sobre o Fracasso do Ensino e da Aprendizagem da Matemática. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) - Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 1989.

KANT, I. Crítica da razão pura. 5. ed. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 2001. Disponível em: <http://www.unirio.br/cch/filosofia/Members/dario.teixeira/teoria-do-conhecimento-2018-01/4-kant-critica-da-razao-pura/at_download/file>. Acesso em: 08 out. 2020. p. 62-83.

KLEIN, J.; GIGLIONI, G. Francis Bacon. The Stanford Encyclopedia of Philosophy (Fall 2020 Edition), Edward N. Zalta (ed.). Disponível em: https://plato.stanford.edu/archives/fall2020/entries/francis-bacon/. Acesso em: 02 dez. 2020.

MISSE, B. H. L. Continuum: matemática, filosofia e computação. 2019. 100 f. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Rio Claro. 2019.

MISSE, B. H. L.; LAMMOGLIA, B. Uma Perspectiva Histórica do Conceito de Continuidade Matemática. Hipátia, v. 5, n. 1, p. 132-142, jun. 2020. Disponível em: < https://ojs.ifsp.edu.br/index.php/hipatia/article/view/1460>. Acesso em: 15 mar. 2021.

NAKANO, A. L. A matemática das Philosophische bemerkungen: Wittgenstein no contexto da Grundlagenkrise. 2015. 234 f. Tese (Doutorado em Filosofia) – Universidade Federal de São Carlos, São Carlos. 2015.

PIMENTEL, R. Limitações do holismo confirmativo na matemática. 2017. 152 f. Tese (Doutorado em Filosofia) - Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte. 2017.

REIS, A. C. E.; WENDLING, C. M.; MIGUEL, K. S.; PERON, L. D. C.; BAR, M. V.; SANTOS, S. C. S.; MEIER, W. M. B.; CUNHA, M. B. Análise dos Periódicos Qualis/CAPES: traçando o perfil da área de ensino de ciências e matemática. Hipátia, v. 5, n. 1, p. 11-24, jun. 2020. Disponível em: < https://ojs.ifsp.edu.br/index.php/hipatia/article/view/1445>. Acesso em: 25 mar. 2021.

ROCHA, I. A. Evolução do conceito de função integrável. 2016. 113 f. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Universidade Anhanguera de São Paulo, São Paulo. 2016.

SOUZA, L. E. R. de; FILHO, J. P. do V. O princípio da razão suficiente na Crítica da Razão Pura de Kant e suas aplicações: as analogias, as antinomias e os princípios regulativos. doispontos: Curitiba, São Carlos, volume 16, número 3. 2019, p. 1-15. ISSN 2179-7412. Disponível em: https://revistas.ufpr.br/doispontos/article/download/66683/40325. Acesso em: 05 dez. 2020.

TURING, A. M. On computable numbers, with an application to the Entscheidungsproblem. Proceedings of the London Mathematical Society, Series 2, n.42, p 230-265. 1936.

WITTGENSTEIN, Ludwig: Philosophische Bemerkungen, ed. por Rush Rhees, Frankfurt: Suhrkamp, 1964.

WITTIGENSTEIN, L. Tractatus Logico-Philosophicus. São Paulo: Companhia Editora Nacional – Editora da USP, 1968.

Publicado
2021-06-30
Seção
Artigos