Autoconstituição da docência em processo: A história vivida e a história contada...

  • Alberto Albuquerque Gomes

Resumo

Este ensaio propõe-se a auscultar a narrativa de um sujeito que me apresentou uma carta que foi analisada a partir de alguns eixos norteadores: perfil; trajetória de formação (incluindo experiências formais na educação básica, educação superior e continuada – e não formais); trajetória/experiência profissional; motivação/razões para ingresso na profissão; identificação com a profissão docente; imagens da docência; e, as memórias significativas que se fizessem presentes fora dos eixos pensados a priori. Procurei assegurar a evidência de distintas vozes (narrador e sujeito da pesquisa) e a assinatura do pesquisador (essencial) sem subvalorizar a do sujeito (professora). Dessa forma, nos limites desse ensaio, apresentarei os dados extraídos da narrativa de uma professora de Ensino Médio da Rede Pública Estadual de Ensino, aqui nomeada Alana e as análises tecidas sobre suas experiências identitárias de profissionalidade docente.

Biografia do Autor

Alberto Albuquerque Gomes

Professor aposentado da UNESP de Presidente Prudente; colaborador no Programa de Pós-graduação em Educação (Mestrado e Doutorado) da Faculdade de Ciências e Tecnologia - UNESP - Campus de Presidente Prudente. Graduado em Ciências Sociais pelo Centro de Estudos Superiores de Londrina (1983), Mestrado em Educação (1993) e Doutorado em Educação (1998) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Estágio de pós-doutoramento em Sociologia da Educação na Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias em Lisboa, Portugal (2003/2004). E-mail: <alberto.gomes@unesp.br>.

Publicado
2020-12-28
Seção
ARTIGOS