Formação Docente em um Programa de Mestrado Profissional: inserção e compromisso educacional

  • Eliana Marques Zanata

Resumo

As discussões que permeiam o acesso e a qualidade da Educação Básica no Brasil ultrapassam décadas. Políticas públicas para universalização do ensino têm sido efetivadas desde meados do século XX, contudo, tal expansão não encontrou o mesmo reflexo quanto a qualidade. Este artigo se propõe a apresentar e analisar o impacto do Programa de Pós Graduação, Mestrado Profissional em Docência para a Educação Básica e das pesquisas científicas desenvolvidas, cujo foco está centrado nas demandas decorrentes de práticas docentes para o enfrentamento da garantia da qualidade do ensino no Brasil. Trata-se de uma pesquisa qualitativa exploratória, tendo por base a proposta inicial do curso, os indicadores de inserção social e os relatórios de avaliação quadrienal da CAPES, sendo desenvolvida em duas etapas, a saber: a) descrição do perfil e proposta do mestrado profissional em Docência para a Educação Básica; b) levantamento das dissertações de mestrado e respectivos produtos educacionais defendidos e disponíveis no programa de pós graduação que apresentam maior visibilidade e inserção social. Os resultados apontam que a inserção educacional das dissertações e produtos educacionais têm extrapolado o cenário nacional, sendo acessados em todos os continentes. Local e regionalmente os resultados têm sido agregados ao trabalho pedagógico da secretaria de educação do estado de São Paulo e das secretarias municipais de educação. Tais resultados refletem a necessidade formativa dos professores de modo que seja possível a transposição didática, atendendo os critérios científicos, promovendo o avanço do conhecimento.

Biografia do Autor

Eliana Marques Zanata

Doutora em Educação Especial. Coordenadora do Programa de Pós Graduação em Docência para Educação Básica da Faculdade de Ciências (FC/UNESP), campus de Bauru. Contato: eliana.zanata@unesp.br

Publicado
2020-12-28
Seção
ARTIGOS