Decolonialidade e o pensamento eurocêntrico de Karl Marx

Em favor de uma agenda emancipatória

Palavras-chave: Pensamento decolonial, Marxismo, Emancipação, Eurocentrismo

Resumo

O presente artigo é uma contribuição ao diálogo sobre o pensamento decolonial e o pensamento de Karl Marx em torno do eurocentrismo. Ao longo do texto, o autor tenta demonstrar que Marx e o marxismo são eurocentristas. Além disso, o autor argumenta que a tese levantada por alguns marxistas, como Marcello Musto (2018) e Michael Löwy (2013), de que o último Marx ou os escritos produzidos por ele nos seus dois últimos anos de vida, rompeu com o evolucionismo, o etapismo e o eurocentrismo, não encontra apoio em tais escritos.

Biografia do Autor

Francisco Uribam Xavier de Holanda, Universidade Federal do Ceará (UFC)

Doutorado e mestrado em Sociologia pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Graduação em Filosofia pela Universidade Estadual do Ceará (UECE).

Referências

Colin, D. (2010). Compreender Marx. Editora Vozes.

Dussel, E. (1993). 1492 o encobrimento do outro: A origem do mito da modernidade. Editora Vozes.

Eagleton, T. (1999) Marx. Editora UNESP.

Engels, F. (2013). Posfácio [Questões Sociais da Rússia], 1894. In K. Marx, & F. Engels. Lutas de classes na Rússia. Boitempo Editorial.

Fanon, F. (2015). Os condenados da terra. Editora UFJF.

Frank, J. (1992). Pelo prisma russo: Ensaios sobre literatura e cultura. Edusp.

Gorz, A. (1982). Adeus ao proletariado: Para além do socialismo. Forense-Universitária.

Holanda, F. U. X. (2021). Crise civilizacional e pensamento decolonial. Editora Dialética.

Korsch, K. (1977). Marxismo e Filosofia. Edições Afrontamento.

Lenin, V. (1986). Obras escolhidas. Editora Alfa-Omega.

Löwy, M. (2013) Introdução. In K. Marx, & F. Engels. Lutas de classes na Rússia. Boitempo Editorial.

Marx, K., & Engels, F. (2005). Manifesto do Partido Comunista. Martin Claret.

Marx, K., & Engels, F. (2007). A ideologia alemã. Editora Civilização Brasileira.

Marx, K. (2013). Primeiro ao quarto esboços e carta a Vera Ivanovna Zasulitch. In K. Marx, & F. Engels. Lutas de classes na Rússia. Boitempo Editorial.

Marx, K., & Engels, F. (2013). Prefácio à edição russa do Manifesto do Partido Comunista, 1882. In K. Marx, & F. Engels. Lutas de classes na Rússia. Boitempo Editorial.

Musto, M. (2018). O velho Marx: Uma biografia dos últimos anos [1881-1883]. Boitempo.

Quijano, A. (2006). Os fantasmas da América Latina. In A. Novaes (Org.). Oito visões da América Latina. Editora SENAC.

Riazanov, D. (2013). A correspondência entre Vera Ivanovna Zasulitch e Karl Marx. In K. Marx, & F. Engels. Lutas de classes na Rússia. Boitempo Editorial.

Schwab, K. (2019). A quarta revolução industrial. Edipro.

Strada, V. (1983). Marxismo e pós-marxismo. In E. J. Hobsbawm (Org.). História do marxismo. Paz e Terra.

Tiburi, M. (2021). Complexo de vira-lata: Análise da humilhação brasileira. Civilização Brasileira.

Wolff, F. (2011). Nossa humanidade: De Aristoteles às neurociências. Editora UNESP.

Publicado
2022-06-13