Sentidos Produzidos ao Processo Educativo a partir de uma Prática Pedagógica com Base na Etnomatemática

  • Vanessa Silva da Luz Universidade Federal do Rio Grande (FURG)
  • Celiane Costa Machado Universidade Federal do Rio Grande (FURG)

Resumo

O presente estudo tem por objetivo apresentar, a partir da conversação entre a Educação de Jovens e Adultos (EJA), a Etnomatemática e a Educação Popular, os sentidos produzidos ao processo educativo. O estudo foi desenvolvido no âmbito da EJA, no contexto das aulas de Matemática realizadas no Projeto Educação para Pescadores. O referencial estabelece uma relação teórica entre a proposta da Etnomatemática e a Educação Popular. Para alcançar o objetivo, o corpus foi composto pelas escritas reflexivas dos sujeitos colaboradores, realizadas nas aulas de Matemática e registradas nos portfólios, assim como pelos registros das entrevistas individuais em que estes foram inqueridos. Essas informações foram analisadas com base na Análise Textual Discursiva (ATD). Os resultados evidenciaram que os estudantes compreenderam que precisavam ter uma postura crítica diante dos seus processos de ensino e de aprendizagem, o que exigiu uma ação de reorganização em relação ao modo como realizavam suas buscas por aprendizagem. Assim, percebeu-se que os estudantes atribuíram distintos sentidos destacando a autonomia, o trabalho coletivo, a prática dialógica e o autoconhecimento.

Publicado
2019-06-30
Seção
Artigos