Etnomatemática e Formação Inicial de Professores que Ensinam Matemática

um olhar sobre a produção científica no Brasil

  • Rodrigo Tadeu Pereira Costa Secretaria Municipal de Educação de Londrina
  • Cristiane Coppe Oliveira Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

Resumo

Este texto é um recorte da pesquisa de doutorado – em andamento – intitulado Formação inicial de professores que ensinam matemática: olhares para a Etnomatemática, desenvolvido junto ao Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade de São Paulo. Trata-se de uma pesquisa qualitativa do tipo documental, na qual foram selecionados e analisados os resumos das dissertações e teses encontradas no banco de teses da CAPES no período de 2001 a 2016. Tem como objetivo compreender, a partir das pesquisas brasileiras, as perspectivas da Etnomatemática e suas contribuições para a formação inicial de professores que ensinam matemática. O solo teórico escolhido para a busca/refinamento dos dados coletados foi o Programa Etnomatemática, especificamente, pautado nas teorizações do educador Ubiratan D ́Ambrosio. Por um lado, verificou-se que a Etnomatemática contribui, em distintos aspectos, para a formação inicial do professor que ensina matemática, por outro lado, verificou-se uma lacuna em temáticas que envolvem a discussão da Etnomatemática nos cursos de Licenciatura em Matemática e Pedagogia.

Publicado
2019-06-30
Seção
Artigos