A Construção Científica dos Programas de Matemática Segundo José Ribeiro Escobar

Resumo

O presente artigo objetiva apresentar as concepções de José Ribeiro Escobar acerca dos programas de ensino de matemática nas primeiras décadas do século XX. O estudo integra uma pesquisa mais ampla e finalizada no curso de mestrado. Para atingir esse objetivo, será analisado seu livro intitulado A Construção Científica dos Programas. São Paulo passava por transformações urbanas significativas e tinha por objetivo iluminar e civilizar os espaços públicos com vista à modernidade. Essas transformações incidiram sobre a escola e seus programas. José Ribeiro Escobar era um intelectual e expert que exerceu o cargo professor lente de matemática da Escola Normal da Capital e colaborava com a Revista Educação, Revista da Sociedade de Educação e Jornal O Estado de São Paulo. A análise revela que Escobar acreditava que o aluno aprendia por meio da emoção e pensamento e dessa forma era necessário organizar os programas para que esses eventos fossem associados, sendo fundamental o uso de materiais concretos para ensino dos conteúdos escolares, visto que esses instrumentos fariam com que a criança aprendesse com interesse e com significado. Foi possível constatar que as oscilações referentes aos programas escolares e aos métodos de ensino não estavam atreladas a uma questão progressista, elas eram consequências dos movimentos políticos, econômicos e sociais vigentes.

Biografia do Autor

Ana Maria Antunes de Campos, DOUTORANDA PUC-SP

Doutoranda em Educação Matemática pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC-SP. Mestre em Educação pela Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP. Neuropsicopedagoga, Pedagoga, Psicopedagoga,Especialista em Ensino Lúdico, Pós Graduada em Didática e Tendências Pedagógicas. Possui graduação em Licenciatura em Matemática pela Universidade de Guarulhos (2007). Tem experiência na área de Educacional, com ênfase em Ensino e Aprendizagem na Sala de Aula, Formação de Educadores.  Pesquisadora em Educação Matemática, Discalculia e Dificuldades de Aprendizagem.  Autora de artigos e livros na  área educacional  Atualmente é professora de Matemática - Ensino Médio, Docente na Pós - Graduação e Palestrante. Participa do Grupo de Pesquisa: Professor de Matemática: Formação, Profissão, Saberes e Trabalho Docente - PUC-SP. Participa do grupo de pesquisa: Infância, Cultura e História - GEPICH, do(a) Universidade Federal de São Paulo. Participa do grupo de pesquisa: História da educação: intelectuais, instituições, impressos, do(a) Universidade Federal de São Paulo.

Publicado
2021-09-30
Seção
Artigos