Educação Inclusiva no Campo da Pesquisa no Ensino de Ciências

artigos publicados no evento ENPEC

  • Liliani Correia Siqueira Schinato Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste)
  • Dulce Maria Strieder Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste)

Resumo

Este artigo apresenta um estudo qualitativo e tem por objetivos identificar e analisar estudos relacionados à inclusão escolar apresentados em anais do Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências (ENPEC), no período de 2007, 2009, 2011, 2013, 2015 e 2017, para definição dos artigos foi utilizado como descritor as palavras-chaves: “educação Inclusiva”, “inclusão”, “inclusão educacional”, “educação especial” com intuito de verificar como estas pesquisas estão sendo desenvolvidas na área da Ciências. Nesse contexto é evidente que a educação inclusiva é muito importante, a escola tem um papel importante no processo de inclusão, além de propiciar um ensino de qualidade, a escola deve se adequar para um processo inclusivo mais qualificado, as questões sobre o papel do professor são cada vez mais constantes e presentes nos estudos atuais, porém observou-se poucos trabalhos na área do ensino de Ciências. Foi utilizada a análise de conteúdos para tentar explicar com este processo de aprendizagem do professor vem ocorrendo. Diante desses fatos mesmo que a modalidade de inclusão educacional esteja ocupando um espaço relevante nas discussões educacionais, ainda estamos carentes de estudos na área de Ciências, nota-se a importância de serem realizados mais estudos relacionados à inclusão de alunos deficientes na área do ensino da Ciência.

Biografia do Autor

Liliani Correia Siqueira Schinato, Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste)

Mestre em Educação em Ciências e Educação Matemática pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste). Cascavel, Paraná, Brasil. Endereço eletrônico: lilianisiqueira@hotmail.com.

Dulce Maria Strieder, Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste)

Doutora em Educação pela Universidade de São Paulo (USP). Docente no Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Educação Matemática da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Cascavel, Paraná, Brasil. Endereço eletrônico: dulce.strieder@unioeste.br.

Publicado
2020-06-30
Seção
Artigos