A Tragédia da Esquerda Acadêmica e o Mal-estar na Universidade Brasileira

  • Marcelo Salles Batarce Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul (UEMS)

Resumo

Este ensaio pretende desenvolver uma crítica ao posicionamento da esquerda no interior da Universidade Pública Brasileira. A crítica é respaldada por insights do filósofo Slavoj Zizek e desenvolvida por meio de dois casos. O primeiro caso refere-se ao posicionamento e concepção da “esquerda” no processo de privatização da Universidade Pública. O segundo caso refere-se ao atual mal-estar na Universidade Pública Brasileira.

Biografia do Autor

Marcelo Salles Batarce, Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul (UEMS)

Doutor em Educação Matemática, London South Bank University (LSBU). Docente da Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul (UEMS), Dourados, MS, Brasil. Endereço eletrônico: batarcem@gmail.com.

Publicado
2019-12-30
Seção
Ensaios