Submissões para edição temática

2021-02-24

As chamadas filosofias da diferença vêm, ao longo dos anos, circulando em pesquisas em educação e educação matemática no Brasil, alimentadas pela produção de importantes pesquisadores e grupos de pesquisa espalhados pelo país. Tais filosofias não se propõem a operar como um referencial que carrega a sedimentação de uma nova interpretação do mundo ao modo de uma teoria que revela uma verdade. Ao contrário, são filosofias afinadas com uma experimentação: “Pensar é experimentar, mas a experimentação é sempre o que se está fazendo – o novo, o notável, o interessante, que substituem a aparência da verdade e são mais exigentes que ela.”, dizem Gilles Deleuze e Félix Guattari em O que é a Filosofia?. Então, como educação e educação matemática vêm experimentando com as filosofias da diferença? Que novo, que notável e que interessante vêm ganhando corpo nessas experimentações no universo da pesquisa em educação e educação matemática? Que educação e que educação matemática são produzidas na experimentação com as filosofias da diferença, que pensar e que existir? Procurando dar vazão a essas questões, a Hipátia lança a presente chamada de edição temática e convida a comunidade acadêmica a submeter trabalhos em que diferentes pesquisas e temas em educação e educação matemática sejam discutidos na transversalidade das filosofias da diferença.

Período de submissão: até 31/05 pelo site (submeter para a seção Especial: experimentações). 

Publicação:  nov./dez de 2021 ou jan./fev. de 2022.