Música na Biblioteca

  • Daniele Spadotto Sperandio Instituto Federal de São Paulo - Câmpus Votuporanga

Resumo

O objetivo das apresentações musicais do Projeto de Extensão Biblioteca viva, foi promover a interação entre o usuário e a cultura, de forma a mudar o conceito da biblioteca como lugar onde o silêncio impera e suscitar uma nova concepção da biblioteca, com atrativos aos indivíduos conectados às tecnologias. O desenvolvimento dessas apresentações visou atrair públicos de perfis distintos, promover a biblioteca na comunidade de seu entorno e possibilitar maior interação entre o ensino e a cultura. Como resultados, observou-se adesão do público, utilização da biblioteca pela comunidade e como esta contribui na formação cultural e acadêmica de todos.

Biografia do Autor

Daniele Spadotto Sperandio, Instituto Federal de São Paulo - Câmpus Votuporanga
Coordenadora de Biblioteca no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo - campus Votuporanga, desde 2011. Mestranda em Educação pela Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), Unidade Universitária de Paranaíba. Especialista em Gestão Pública pela Universidade Católica Dom Bosco (2013). Especialista em Gerência de Unidades de Informação pela Universidade Estadual de Londrina (2004). Graduada em Biblioteconomia e Ciência da Informação pela Universidade Federal de São Carlos (2002).

Referências

ALMEIDA, M. C. B. de. A ação cultural do bibliotecário: grandeza de um papel e limitações da prática. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, São Paulo, v. 20, n. 1-4, p. 31-38, jan./dez. 1987. Disponível em: <http://basessibi.c3sl.ufpr.br/brapci/index.php/article/download/18444>. Acesso em: 31 jul. 2017.

COELHO, T. A cultura e seu contrário: cultura, arte e política pós-2001. São Paulo: Iluminuras: Itaú Cultura, 2008. Disponível em: < http://d3nv1jy4u7zmsc.cloudfront.net/wp-content/uploads/itau_pdf/001054.pdf>. Acesso em: 31 jul. 2017.

Publicado
2019-05-06
Seção
Relato de Experiência