A EDUCAÇÃO AMBIENTAL ATRAVÉS DE PRÁTICAS COLABORATIVAS COM COMPOSTAGEM E HORTA ORGÂNICA: RELATO DE EXPERIENCIA COM CRIANÇAS EM VULNERABILIDADE SOCIAL

  • Gabriela Teixeira dos Santos IFSP- CAMPUS AVARÉ
  • Celso Daniel Galvani Junior
  • Adilson José Rocha Mello
  • Estela Gato Ferreira

Resumo

A atual crise ambiental da modernidade apresentou como consequência o crescimento da educação ambiental nas múltiplas esferas da sociedade, fomentando a sensibilização e o pensamento critico acerca dos problemas socioambientais. Dessa forma, o presente trabalho teve o intuito de promover a sensibilização acerca do meio ambiente, fazendo o uso de práticas que envolvem a compostagem e horta orgânica com crianças e jovens que vivem em situação de vulnerabilidade social. Para tanto, foi utilizado a metodologia de aprendizagem social, o qual possui cunho colaborativo e atividades permeadas de vivencias e experimentos reais. Nesse sentido, os sujeitos envolvidos construíram novas perspectivas da geração e descarte do alimento, bem como tiveram momentos de sensibilização ambiental. Contudo, um dos aspectos levantados ao final do projeto foram os laços afetivos construídos no decorrer do trabalho, ao passo que integrou o educar ambientalmente como ferramenta de transformação social.

Publicado
2021-04-30
Seção
Relato de Experiência