MULHERES VULNERÁVEIS E LETRAMENTO MATEMÁTICO: ALGUNS CASOS EM CUBATÃO

  • Letícia Araujo dos Santos IFSP-CBT
  • Solange Maria da Silva
  • Letícia Vieira Oliveira Giordano

Resumo

Este artigo tem como objetivo relatar as experiências obtidas na participação no projeto Mulheres Iniciativa e Criatividade (MIC) realizado no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo - Câmpus Cubatão, que é oferecido às comunidades carentes que vivem na região e a elaboração de aulas que possam auxiliar no desenvolvimento pleno dos intelectos matemático e estimativo. O público alvo é composto por 25 mulheres de idade entre 18 e 56 anos, das quais duas possuem o ensino médio completo, têm revelado dificuldades em escrever e pensar matematicamente. Desenvolvido com o intuito de oferecer às mulheres da região de Cubatão aulas de disciplinas como Português, Matemática, Empreendedorismo, Artes, Psicologia, entre outras, e esse projeto mostra-se como uma excelente oportunidade para essas alunas, visto que tiveram pouquíssimas chances de frequentar o ambiente escolar em sua infância e que não conseguiram desenvolver o pensamento lógico, estimativo no período tido como o adequado. Além disso, a partir desse Projeto de Extensão, e da atividade realizada com ênfase em Letramento Matemático, pôde-se avaliar melhor a real condição acadêmica das alunas e assim, intervir em suas dificuldades.

Publicado
2020-02-13