O ENSINO DE QUÍMICA PARA ALUNOS SURDOS: OFICINAS TEMÁTICAS E DEBATES

  • Pedro Miranda Junior IFSP
  • Laura Silveira Errera da Silva IFSP
  • Natalie Oliveira Duarte IFSP
  • Carla Patrícia Araújo Florentino Instituto SELI

Resumo

O presente artigo tem por objetivo relatar e analisar as potencialidades do desenvolvimento do projeto “O ensino de química para alunos surdos: oficinas temáticas e debates”, utilizando as abordagens do Ensino por Investigação e da CTSA. Nas oficinas e debates foram trabalhados temas que relacionam a química com o cotidiano dos estudantes surdos por meio de atividades que estimulam os processos cognitivos. Destacam-se como principais potencialidades: vivência dos alunos em um laboratório químico; possibilitar a ocorrência de debates críticos; promover a aprendizagem de conceitos químicos; e contribuir para maior participação e interesse dos alunos nas aulas regulares de química.

Publicado
2020-02-13