A EXPRESSÃO GRÁFICA COMO AUXILIO NO DESENVOLVIMENTO DA COORDENAÇÃO MOTORA FINA NA ALFABETIZAÇÃO DE CRIANÇAS EM SITUAÇÃO DE RISCO DO COQUE

Resumo

Este trabalho trata da participação em um projeto social de educação para camadas desfavorecidas e da elaboração e utilização de recursos didáticos em expressão gráfica voltados para o auxílio do desenvolvimento da coordenação motora fina para a alfabetização de crianças em situação de risco. O público-alvo é composto por crianças na faixa etária dos 3 aos 10 anos da comunidade do Coque que apresentam dificuldades e deficiência na leitura e escrita. A equipe envolvida no projeto é integrada por discentes e docentes do Curso de Licenciatura em Expressão Gráfica do Centro de Artes e Comunicação da UFPE, além de profissionais voluntários da área de ensino e psicologia. Este projeto se apresenta como uma oportunidade para que o aluno coloque em prática os conhecimentos fornecidos no Curso de Licenciatura para a criação de recursos didáticos voltados para o ensino fundamental, trabalhando ainda a interdisciplinaridade. Por meio deste Projeto de Extensão os alunos consolidam e ampliam sua formação acadêmica fazendo com que a Universidade Federal de Pernambuco contribua com as demandas da sociedade que mantem as universidades públicas.

Biografia do Autor

Sandra de Souza Melo, Universidade Federal de Pernambuco
Doutora em Pedagogia pela Universidade de Salamanca - Espanha no programa "Processos de Formação em Espaços Virtuais" promovido pelo Instituto Universitário Ciências da Educação, Especialista em Geometria Gráfica pela Universidade Federal de Pernambuco (1993), graduada em Licenciatura em Desenho e Plástica pela Universidade Federal de Pernambuco (1989) e Bacharel em Desenho Industrial pela Universidade Federal de Pernambuco (1986). Atualmente é Professor Associado da Universidade Federal de Pernambuco. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: ensino, ensino a distância, geometria, ensino fundamental, desenho, educação, arte e curadoria.
Publicado
2019-05-06