Comportamento dominante masculino versus resistência feminina nas obras “sapato de salto” e “a dominação masculina”

  • Ana Laura Ramme Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), Câmpus Xanxerê
  • Kaue Oselame Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), Câmpus Xanxerê
  • Vitória Alana Esposito de Saibro Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), Câmpus Xanxerê
  • Antonio Luiz Gubert Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), Câmpus Xanxerê

Resumo

O presente trabalho foi produzido como requisito da unidade curricular de Língua Portuguesa e Literatura III, do curso Técnico em Alimentos Integrado ao Ensino Médio, Instituto Federal de Santa Catarina - Câmpus Xanxerê. Os objetivos deste trabalho são analisar as obras “Sapato de salto”, de Lygia Bojunga (2018) e “A dominação masculina”, de Pierre Bourdieu (2002) e relacioná-las, verificando pontos em comum em ambas, e demonstrar como esses pontos estão relacionados, bem como demonstrar como os indivíduos masculinos se autossobrepõem em relação às mulheres e como essas reagem aos atos. Como resultados, é possível citar que a interação entre os personagens femininos e masculinos dos livros mostra como o machismo e a violência (física e psicológica) afeta não somente as mulheres, mas também os homens.

Publicado
2021-06-25
Seção
Artigos