Comparação do controle químico e biológico de Sphenophorus levis Vaurie, 1978 (Coleoptera: Curculionidae) na cultura da cana-de-açúcar.

  • Matheus Tomazini Marques Instituto Taquaritinguense de Ensino Superior

Resumo

O trabalho teve como objetivo avaliar a eficiência de três produto, o fipronil agente químico, e dois agentes biológico Beauveria bassiana (Bals) e Metarhizium anisopliae (Metsch), no controle de Sphenophorus levis Vaurie, 1978, na cultura da cana-de-açúcar. O experimento foi conduzido em condições de campo localizado na fazenda Guarani no município de Pitangueiras-SP, com duração de seis meses, desde a aplicação até a última avaliação. A cultivar utilizada como teste foi RB85-5536 em estado de perfilhamento, adotando-se o delineamento de blocos casualizados com cinco repetições por tratamento. Foram realizadas avaliações de contagem de todas as formas biológicas de S. levis, de rizomas totais, rizomas com danos, colmos sadios e mortos da cultura. As avaliações foram realizadas previamente a aplicação e aos 30, 60 e 90 DAA. Os dados obtidos no presente ensaio foram submetidos à análise de variância pelo teste F. As médias foram comparadas pelo teste de Tukey ao nível de 5% de probabilidade. De acordo com os dados obtidos o tratamento que proporcionou os melhores resultados no controle populacional e na redução de danos causados pela infestação de S. levis foi princípio ativo conhecido como fipronil.

Publicado
2019-12-24
Seção
Artigos